Casa Branca usou um vídeo manipulado para excluir jornalista da CNN. A análise, segundo a segundo

A administração Trump usou um vídeo modificado para atacar o jornalista da CNN. As imagens foram editadas para parecer que houve agressividade cont...

Jim Acosta viu a sua acreditação à Casa Branca ser retirada na sequência de uma troca de argumentos com Donald Trump. Vídeo utilizado para justificar a decisão terá sofrido alteração.

Porta-voz de Trump usa vídeo falso para justificar banimento de jornalista

Presidente discutiu com repórter. Casa Branca suspendeu credencial. Leia no Poder360.

Jornalista da CNN que entrou em embate com Trump tem credencial cassada

O presidente americano, Donald Trump, decidiu suspender a credencial que dá acesso à Casa Branca do jornalista da CNN Jim Acosta após os dois se envolverem em um embate durante um

Tensão entre Trump e CNN aumenta após descredenciamento de jornalista

Imprensa criticou o descredenciamento do jornalista Jim Acosta, sanção inédita desde a criação da associação de correspondentes da Casa Branca, em 1914

A conflituosa relação entre Donald Trump e a CNN alcançou, na quarta-feira, um novo nível de tensão que rendeu ao jornalista estrela da emissora o ...

Trump expulsa jornalista da CNN da Casa Branca após insultos

A cruzada de Donald Trump contra os media, a quem chama «inimigos do povo», continua. Desta vez, o presidente dos EUA baniu um jornalista da CNN da Casa Branca

Casa Branca justifica suspensão de credencial a jornalista com vídeo falso - Renascença

A porta-voz do Presidente dos EUA partilhou um vídeo do site InfoWars, conhecido pelas suas teorias da conspiração e cujo dono foi recentemente suspenso de todas as redes sociais.

″Cale-se″, ″sente-se″ e outros insultos de Donald Trump a jornalistas

Já expulsou jornalistas de conferências de imprensa e gozou com eles no Twitter. O confronto com Jim Acosta, da CNN, é mais um exemplo de como o presidente costuma tratar aqueles que lhe fazem perguntas incómodas.

Jornalista da CNN insultado por Trump e banido da Casa Branca

A má relação entre o Presidente dos Estados Unidos e alguns órgãos de comunicação social atingiu um patamar inédito. Trump acusou um jornalista da CNN de ser uma pessoa horrível e mandou-o calar-se. A Casa Branca anunciou entretanto que tirou as credenciais ao referido jornalista, que acusa agora de ter agido de forma inadequada com uma funcionária que lhe quaria tirar o microfone. O episódio aconteceu quando Trump foi questionado sobre a caravana de migrantes que se dirige para a fronteira entre o México e os Estados Unidos.

Casa Branca retira credencial de jornalista da CNN

Presidente chama correspondente Jim Acosta de "pessoa terrível" por ter se recusado a entregar microfone a estagiária durante entrevista coletiva. Emissora classifica remoção da credencial de "ameaça à democracia".

Jornalista da CNN é expulso da Casa Branca depois de ter sido insultado por Trump

A Casa Branca informou que o acesso foi suspenso porque Jim Acosta pôs “as mãos numa jovem mulher”, alegação que o jornalista e a estação de televisão dizem ser “mentira”. Durante a conferência de imprensa que precipitou a suspensão, o Presidente, questionado sobre a caravana de migrantes da América Central, disse que o jornalista era “rude e terrível”